Páginas

sábado, 18 de junho de 2016

Abraços...


Porque as mãos também se abraçam,
Quando os dedos se querem beijar.
Porque quando as mãos se abraçam,
Muitas linhas se vão cruzar:
Um novelo feito em novela,
Um destino que teima enrodilhar.
Duas vidas que se encontram
E que na palma se hão-de amar.

(A imagem das mãos é de autor desconhecido, retirada da net.)

Yellow Mcgregor, JUN2016