Páginas

sábado, 30 de novembro de 2013

Sempre

                                Imagem de autor desconhecido, retirada da net.


Ei, onde tens estado?
Para além do meu pensamento,
Para lá do meu passado.
Tu sabes, sempre soubeste,
Não é uma questão de tempo
(Ele nem sequer está do nosso lado).

Ei, não fiques aí parado (a),
Vem, dá-me um abraço
E diz-me, mesmo que calado (a):
Que o aqui, presente, agora
É apenas um interlúdio
Para um sempre viver afora.

Ei, onde tens estado?
Para além do meu pensamento,
Para lá do meu passado.


Yellow McGregor, 30Nov2013

4 comentários:

  1. Como um dia escrevi:
    "O tempo é relativo, intemporal.
    Sempre é antes do ínicio
    e depois do fim!"

    E apenas um instante pode ser para "sempre"!
    Lindo, lindo mesmo!
    Parabéns porque nunca são demais ;)

    Beijocas nossas ;)

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida.
    Este milagre não se pode esgotar: há que durar para além desta "embalagem orgânica" que nos dá corpo.

    Obrigado e um ramo de :-)

    ResponderEliminar
  3. As tuas perguntas são as minhas perguntas! ;) Bonitas palavras. Parabéns! Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado. Muitos deverão perguntar como nós ;-) Quem sabe se um dia obteremos uma resposta.

    ResponderEliminar