Páginas

domingo, 28 de setembro de 2014

reFino


Y si preguntan por mí
No les digas dónde fui



Abro em mim a fina gaveta da lembrança
E toco nas memórias em fino papel descritos
Encontro a fina pétala de rosa seca que marca
a fina página dum fino livro cheio de gritos…

… não, não me recordo. Ou simplesmente não quero.

Fina é a fronteira dos tempos.


Yellow McGregor SET2014

2 comentários:

  1. Existem gritos que ecoam pela fina fronteira dos tempos, encerrados em finos livros dentro de uma fina gaveta, talvez numa fina memória.

    Belíssimo, como sempre, parabéns (com vénias constantes).

    ResponderEliminar
  2. Talvez por culpa minha, ouço pouca música em castelhano.
    Desta gostei, como também gostei da voz do cantante. Sou fã de vozes... e há algumas que mexem comigo.
    Estou a tentar lembrar-me de uma voz em castelhano que me faça exultar os sentidos... e neste momento só me lembro do Miguel Bosé.

    Beijos de fino recorte
    (^^)

    ResponderEliminar